24/01/2013

Projeto Circulando na Liberdade leva alunos de Escolas Estaduais aos Espaços do Circuito Cultural Praça da Liberdade

Alunos da escola Zilda Arns Neumann no Memorial Minas Gerais Vale

Ao longo do ano de 2012, os estudantes de 30 escolas da rede estadual de Belo Horizonte e região metropolitana tiveram a oportunidade de conhecer e explorar o Circuito Cultural Praça da Liberdade. Isso foi possível graças à realização do Projeto Circulando na Liberdade, um trabalho desenvolvido através da parceria entre o Circuito, o Escola Viva – Comunidade Ativa, da Secretaria de Estado de Educação, e o Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA).

 

A praça, uma referência histórica, política e social para a cidade, além de polo cultural, foi a porta de entrada para as instituições participantes do projeto. A partir daí, os estudantes e educadores visitaram os espaços do Circuito Cultural, embarcando em um exercício de reconhecimento e apropriação do patrimônio material e imaterial.

Segundo Mabel Faleiro, coordenadora de ações educativas do Circuito, "o objetivo do projeto é ampliar a relação entre educação e cultura e, consequentemente, o acesso aos espaços museais e culturais da cidade, fortalecendo o sentido de pertencimento e reconhecimento da importância de preservação do patrimônio". Para ela, iniciativas dessa natureza vêm reafirmar a relevância da história, da ciência, da arte e da cultura na formação das crianças e dos jovens. "Ampliar a divulgação dos espaços culturais é uma maneira de democratização do acesso e uso do patrimônio público", acrescentou Mabel.

 Projeto realizado na E. E. Cristiano Machado, após visita ao Circuito Cultural Praça da Liberdade

 

Alunos da escola Zilda Arns Neumann no Memorial Minas Gerais Vale

Suzana Vieira Amorim, que leciona a disciplina de Artes na Escola Estadual Bernardo Monteiro, ressaltou a parceria estabelecida entre o Circuito e a instituição - "eu, como professora, agradeço as portas abertas que encontrei no Circuito Cultural Praça da Liberdade". Sobre o Circulando na Liberdade, ela acrescentou: "vejo claramente a importância da Educação e da Cultura caminharem juntas, e senti isso com muita alegria quando tive todo apoio do Projeto Escola Viva para realizar algo muito importante que eu idealizava".

 

Adriana Moraes, supervisora pedagógica na E. E. José Luiz de Carvalho, confessou que vibrou com o olhar de cada educando durante os passeios, ao identificar ali o olhar feliz de quem aprecia um momento cultural. A professora de Língua Portuguesa Renilda dos Santos Figueiredo ainda completou a fala da supervisora destacando a boa atuação dos mediadores que conduziram as visitas. "Fiquei emocionada ao ver o envolvimento, o amor e a empolgação daqueles que nos transmitiam o que sabiam e fiquei pensando como seria bom se na sala de aula também fosse assim".

 

Falando nos alunos, eles ficaram encantados com a experiência. Carla Estefany de Oliveira, da E. E. Padre João Botelho, contou que ficou impressionada com a arquitetura dos prédios e a história de Belo Horizonte, vista através do Circuito Cultural Praça da Liberdade. Reclamações mesmo só a respeito da duração da visita que, segundo os estudantes, poderia ter se alongado mais. "Adorei a nossa ida ao museu. Falta uma única coisa no passeio, mais tempo para a gente conhecer melhor", comentou Joice Kelle da Cruz, aluna da E. E. Professor João de Arruda Pinto.

 

Confira as escolas que já estão na galeria do Circuito:

E. E. Bernardo Monteiro

E. E. Cristiano Machado

E. E. José Luiz de Carvalho

E. E. Maria Carolina Campos

E. E. Padre João Botelho

Haga unaComentario:

Comentar

* = Preenchimento obrigatório
Nome *
Email *
Mensagem *

 

Votación

¿Cuál fue la última habitación que visitó en el Circuito Cultural Praça da Liberdade?
Arquivo Público Mineiro
Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa
Centro de Arte Popular – Cemig
Espaço do Conhecimento UFMG
Memorial Minas Gerais Vale
Museu das Minas e do Metal
Museu Mineiro
Palácio da Liberdade